Aplicações e Analítica inteligentes estão entre as tendências tecnológicas para 2018 e os anos que estão por vir. Para você ter uma ideia, em julho de 2017, o Gartner divulgou um relatório intitulado "Augmented Analytics is the Future of Data and Analytics". De acordo com o sumário do estudo, a Analítica Aumentada marca a próxima onda no mercado de dados e análises.

 

É bem provável que você já tenha ouvido falar sobre a Internet das Coisas (ou, em inglês, Internet of Things – IoT). Muitos especialistas dizem que se a IoT reúne dados e transforma-os em informações, será a Analítica Aumentada quem fornecerá às pessoas essas informações.

 

Mas o que é Analítica Aumentada?

A Analítica Aumentada (Augmented Analytics) utiliza machine learning e a geração automática de texto para automatizar a preparação dos dados e possibilitar o compartilhamento dos mesmos (ou seja, automatiza os insights dos dados). Explicando melhor, a Analítica Aumentada faz uso da automação do machine learning para complementar a inteligência humana em todo o ciclo de vida da análise.

 

Rita Sallam, uma das autoras do relatório do Gartner que citamos no início deste artigo, comenta que se ferramentas de Business Intelligence passaram por transformações ao longo dos anos, a análise de dados atingiu seu ponto crítico. Como ela própria menciona, ao mesmo tempo que as ferramentas de BI tornaram-se cada vez mais fáceis de usar, os processos para elaborar os dados para análises, bem como a interpretação de resultados, ainda se mantêm muito manual e, por consequência, propensos a erros.

 

Para reforçar a problemática da análise de dados suscetível a erros existe todo o contexto de Big Data a que estamos inseridos atualmente. Justamente por termos um volume de dados aumentando exponencialmente é que as decisões empresariais se tornam muito mais complexas. É para resolver esse problema que desponta a Analítica Aumentada.

 

O assunto é ainda muito técnico, mas para simplificar, a Analítica Aumentada tem a ver sobre como a Inteligência Artificial faz com que as decisões baseadas em dados estejam acessíveis de forma automatizada a todos os funcionários de uma empresa.

 

Analítica Aumentada auxilia empresas a crescer

Você já ouviu falar em Organizações Exponenciais? Simplificadamente, organizações exponenciais são empresas projetadas para crescer 10 vezes mais rápido que seus concorrentes (neste artigo tem uma explicação bem completa sobre o assunto). Você vai concordar que não tem como uma empresa crescer exponencialmente sem utilizar dados e algoritmos a seu favor, certo?

 

Isso ocorre porque Big Data pode - e - deve - ser utilizado para buscar novas oportunidades de negócios. Ok, mas o que isso tem a ver com Analítica Aumentada?

 

Por meio do uso de Big Data e graças às análises avançadas, as organizações melhoram ações de marketing, a produtividade e outros aspectos essenciais de suas operações existentes, reduzindo custos e obtendo informações em tempo real sobre novas oportunidades. Tudo isso, claro, leva a organização ao crescimento, concorda?

 

Se isso já é uma realidade conquistada por ferramentas de Business Intelligence, a Analítica Aumentada alivia a dependência da empresa em cientistas de dados, pois, conforme comentamos, automatiza a geração de informações através do uso de algoritmos avançados de Machine Learning e Inteligência Artificial.

 

Para você entender melhor, um mecanismo de analítica aumentada percorre automaticamente os dados de uma empresa, analisa e converte essas ideias em etapas de ação para executivos. Isso significa que, sem a intervenção humana na interpretação dos dados as tomadas de decisão ficam muito mais precisas. É justamente esse o ponto principal dos defensores da Analítica Aumentada.

 

Ok, mas softwares para análise de dados já não lidam com a Analítica Aumentada?

Veja bem, um software para análise de dados torna a análise e a comunicação de resultados mais fáceis. No entanto, não faz a análise para sua empresa e, claro, não elimina a necessidade de um analista de negócios ou cientista de dados.

 

Por outro lado, a Analítica Aumentada é projetada para realizar análises e gerar ideias empresariais automaticamente com pouca - ou nenhuma supervisão. Portanto, sua aplicação é muito mais abrangente.

 

Falando especialmente da parte técnica, em ferramentas para análise de dados os analistas conseguem realizar facilmente qualquer tipo de análise na própria plataforma e apresentar os resultados da forma mais conveniente (como em gráfico de barras, por exemplo). Já no que tange à Analítica Aumentada a análise tem mais a ver com o objetivo final, ou seja, os insights (mostrará apenas as informações mais relevantes que levaram a uma determinada conclusão).

 

Para fechar: o que isso significa para sua empresa?

O campo da análise de dados vem evoluindo rapidamente, pois decisões baseadas em dados são cada vez mais essenciais para empresas que não querem cair em armadilhas. Nossa intenção, ao abordarmos o assunto, foi apresentar o futuro envolvendo tanto a análise de dados quanto a maneira que hoje esses dados são coletados e interpretados.

 

A importância dos dados analíticos cresce. Exatamente por isso temos que nos envolver em discussões sobre como explorar todos esses insights dentro e fora da organização.

 

Como citamos, a discussão sobre Analítica Aumentada é bastante técnica. Caso você esteja se perguntando por onde deve começar, a resposta é simples: implementando a cultura de dados na sua empresa. Para isso, comece desde já a explorar o universo do Business Intelligence e Business Analytics e possibilite um crescimento escalável para sua empresa. E se você estiver a fim de mais uma dica, não deixe de ler o artigo: O que é Blitzscalling? Conheça sobre o crescimento escalável.