Imagine um projeto que não resultou no lucro previsto ou em um problema que afetou o planejamento estratégico da empresa. Uma equipe está analisando a situação e você precisa tomar decisões rápidas. Para isso, além de verificar relatórios, precisa de respostas para as perguntas:

  • O que aconteceu/está acontecendo?

  • Por que aconteceu?

  • O que deveria ter ocorrido?

  • Quais os próximos passos?

Com empresas cada vez mais inteligentes e um mercado mais acelerado, o tempo despendido para correr atrás dessas informações, analisar relatórios e tomar decisões pode resultar em perda de produtividade e, o que é pior, prejuízo para o negócio. Exatamente por isso que empresas mais bem preparadas estão cada vez mais optando por uma ferramenta de Business Intelligence (BI).

 

O que é Business Intelligence?

Também conhecida por BI, Business Intelligence é uma tecnologia utilizada para visualizar, analisar e monitorar dados a fim de que executivos, gerentes e outros usuários tomem decisões mais acertadas. Isso é possível graças às ferramentas de BI, as quais permitem as empresas realizarem a coleta de dados de sistemas internos e fontes externas.

Dizemos que com um sistema de BI a descoberta e análise de informações torna-se simplificada. Assim, decisores de diversos níveis da empresa podem acessar, entender, analisar, colaborar e agir rapidamente.

Portanto, o grande propósito do Business Intelligence é transformar dados em informações e possibilitar o conhecimento sobre seu negócio, desempenho, mercado e até fazer previsões sobre o futuro da sua empresa.

 

Como um sistema de BI atua?

Uma empresa possui diversas informações armazenadas em diferentes bancos de dados. Para exemplificar, imagine uma rede de supermercados que vende desde alimentos até produtos para casa. Essa rede possui informações dos clientes e do inventário, dados das últimas promoções e números referentes às vendas. Todas essas informações estão espalhadas pelos diversos departamentos.

Suponha que a área de marketing queira fazer uma ação promocional para itens de cozinha. Para isso, a equipe deve analisar quais produtos têm mais saída e quais são geralmente vendidos juntos (por exemplo, consumidores que compram copos de plástico azul compram também pratos da mesma cor).

Por meio de um software de BI todas as informações da empresa sobre consumidores e vendas são relacionadas. Dessa maneira, a equipe pode realizar diversas análises, como:

  • Análise prescritiva: com base nas informações coletadas a equipe consegue analisar os dados e planejar ações a serem tomadas;

  • Análise descritiva: apresenta o que está acontecendo no momento, baseado nos dados que são coletados, revisados e analisados;

  • Análise preditiva: dados são analisados para identificar padrões e tendências para apoiar na tomada de decisão.

  • Diagnóstico: o foco é na identificação das razões por trás dos eventos a fim de fornecer uma imagem mais detalhada do que está acontecendo em uma organização.

Claro que cada caso é um caso e que diferentes análises são necessárias para diferentes problemas. Para entender como um sistema de BI funciona é necessário ter em mente uma de suas principais vantagens: oferecer toda a gestão dos resultados, métricas e indicadores organizacionais desde o nível mais estratégico até o nível mais operacional.

Já que falamos sobre vantagens da ferramenta de Business Intelligence, vamos nos aprofundar um pouco mais em seus benefícios no próximo tópico.

 

Vantagens de um sistema de BI

Falamos sobre como funciona um software de Business Intelligence e você já deve ter captado a essência de sua importância. Quando o assunto é BI, sua principal vantagem está em possibilitar a captura e extração de dados precisos, de forma rápida e segura.

Essas captura e extração são possíveis graças aos painéis, mapas e outros elementos de visualização que fazem parte do processo de análise do usuário. Após os dados coletados, o software condensa as informações em relatórios, o que torna a análise ainda mais precisa.

Além disso, um sistema de Business Intelligence ajuda a organização a identificar os clientes mais lucrativos, pontos problemáticos e o ROI para cada produto/serviço. Outro item a se considerar é a melhora nas vendas e negociações. Isso porque com o BI é possível extrair relatórios de tendência de vendas, preferências dos clientes, mercados ainda não explorados, entre outros. Esses dados serão importantes também na hora de negociar com fornecedores.

Como vantagem citamos também a ajuda na identificação de oportunidades, especialmente porque os dados extraídos possibilitam aos gestores avaliarem a capacidade da empresa, identificar tendências e responder rapidamente às mudanças de mercado e às oportunidades.

À lista de benefícios, acrescentamos ainda:

  • Eliminação de achismos;

  • Monitoramento de KPI’s (Key Performance Indicators);

  • Redução de custos;

  • Agilidade na tomada de decisão;

  • Relatórios de métricas disponíveis a qualquer momento para usuários autorizados;

  • Aumento de eficiência;

  • Melhora o entendimento do passado, presente e futuro do seu negócio;

  • Integração e centralização das informações;

  • Possibilita o cruzamento de dados com planilhas.

Agora que você entendeu melhor os benefícios, vem a pergunta:

 

Como escolher um software de BI?

Existem diversos softwares de BI disponíveis no mercado. Via de regra, sistemas de Business Intelligence robustos capacitarão os gestores a tomarem decisão baseados em dados reais e em informações integradas.

Para isso, um software de BI deve possuir características como:

  • Integração com os principais bancos de dados da empresa;

  • Capacidade de compartilhamento;

  • Centralização de todos os dados disponíveis em um único aplicativo;

  • Permitir análise colaborativa;

  • Governança e segurança de dados;

  • Possibilitar a construção de painéis analíticos, gráficos, tabelas, painéis, mapas e outros, em tempo real; e

  • Estar disponível na nuvem e ser acessível em qualquer dispositivo como smartphones e tablets.

As características acima são para você ter uma visão geral sobre o que uma plataforma de Business Intelligence deve possuir, mas é importante destacar que um software de BI deve cumprir seu objetivo maior: o de ajudar na compreensão dos detalhes do negócio por meio da exploração de dados complexos e visualização de informações importantes.

É igualmente imprescindível que sistemas de Business Intelligence possam ser personalizados para atenderem às necessidades dos usuários.

 

Para encerrar...

Tomar decisões inteligentes significa analisar dados precisos e disponíveis de forma centralizada e em tempo real. Quando falamos em análise de dados não estamos falando de páginas e páginas impressas de relatórios provenientes de diversas áreas da empresa.

Pelo contrário, entendemos que a análise de dados deve ser um processo eficiente, que evite desperdício de tempo e reduza custos. Como vimos nesse artigo, isso é possível com um software de Business Intelligence.

As vantagens do BI são várias. Dentre as que vimos, destacamos a identificação de oportunidades, especialmente porque os dados extraídos possibilitam aos gestores avaliarem a capacidade da empresa, identificar tendências e responder rapidamente às mudanças de mercado e às oportunidades.

Para finalizar, caso você queira saber mais sobre sistema de BI, sugerimos a leitura do e-book: O que é Business Intelligence?.

Agora nossa pergunta é: como sua empresa analisa e extrai as informações para a tomada de decisões? Esperamos que esse artigo tenha aumentado sua compreensão sobre Business Intelligence e, se for acaso, tenha ajudado a entender sua importância. Deixe um comentário contando o que achou deste post. Se ele foi útil para você, compartilhe com seus colegas.