Os consumidores estão cada vez mais exigentes. Pesquisam e possuem muitas informações antes de efetuarem qualquer tipo de compra, mesmo as mais simples. Somado a isso, as ofertas entre as empresas andam muito semelhantes. Poucas organizações se destacam: seja pelo atendimento, seja pelos atributos específicos do produto/serviço ou pelo posicionamento da marca. Vencer a batalha diante desse cenário é um grande desafio. Então, a principal pergunta é: o que as companhias de sucesso têm feito para obter os melhores resultados? A resposta é gestão de Big Data.

O que é gestão de Big Data?

Fazer uma boa gestão de Big Data significa mapear seus consumidores e realizar uma análise detalhada sobre esse mapeamento. O objetivo é compreender seu público extremamente bem, no detalhe. Isso significa conhecer hábitos de consumo, principais necessidades e desejos, comportamentos habituais, entre outras informações que forem importantes para seu negócio.

Qual a vantagem de fazer essa gestão de Big Data?

Além de auxiliar nos próprios processos da empresa, realizar a gestão de Big Data pode trazer insights valiosos sobre interesses dos consumidores, comportamento, necessidades, tendências do mercado e etc. Tais insights podem resultar em valiosas decisões estratégicas. Inclusive em uma análise preditiva bem detalhada e eficaz (falamos sobre isso nesse post). Quando essas decisões são tomadas antes da concorrência, a empresa estará na liderança.

Quais são os insumos para a Big Data?

Existem diversas fontes de informação que seria a matéria prima da Big Data, tais como: pesquisas de satisfação, resultados de programas de fidelidade, relatórios empresariais, reviews de consumidores, interações nas redes sociais, indicadores econômicos, entre outros.  Como são muitas informações, é muito importante ter um local para gerenciar todas elas. Esse local é o software de Big Data Analytics.

 

Para que serve um software de Big Data Analytics?

O software vai unir as informações coletadas em todas as fontes disponível e organizá-las de maneira estratégica. Há um dashboard que a liderança poderá ter acesso para analisar e tomar as decisões a respeito do negócio. Agilidade na leitura. Agilidade nas ações. Resultados assertivos (explicamos melhor sobre esse dashboard e facilidade na leitura de dados nesse post).

Todo mundo sabe que informação é poder, não é mesmo? Nesse sentido, ao utilizar o software de gestão de Big Data, uma empresa pode – por exemplo – saber: qual produto vender em determinas época do ano, alinhando produção-estoque-logística, evitando rupturas.

 

Outros exemplos e cases de sucesso

O próprio Ministério da Justiça tem utilizado um supercomputador para coletar, agrupar e processar os dados a fim de identificar indícios de ações ilícitas. Nesse caso, a ideia é verificar, principalmente, ações de lavagem de dinheiro.

O famoso Waze, tão usado pelos motoristas para evitar o trânsito, cruza informações da CET e fornecidas pelos usuários para obter o melhor trajeto. O resultado acaba sendo muito mais assertivo e ele tem se tornado cada vez mais popular entre os usuários.

Quer ajuda para implementar um software de Big Data em sua empresa? A Paralelo CS, uma consultoria empresarial especializada em inteligência de mercado, pode te ajudar. Entre em contato pelo telefone (11) 3090-5557.