Por definição, a inteligência artificial é um campo de estudo da computação que o objetivo é tornar sistemas (softwares) capazes de perceberem o ambiente e tomarem atitudes maximizando as chances de sucesso. A ideia é multiplicar a capacidade do ser humano em resolver problemas, utilizando um raciocínio lógico, reconhecendo padrões e fazendo inferências.

Já fizemos um post falando as previsões da atuação da Inteligência artificial em 2018, mas – no futuro – isso ficará ainda mais intenso.

Quer saber como a inteligência artificial (IA) vai interferir nos negócios nos próximos anos? Leia nosso artigo.

Inteligência artificial derrota humanos?

O conceito de IA está ganhando tanta relevância que os mais radicais afirmam que as máquinas tomarão o lugar dos homens em breve. Tivemos casos em que o software teve um melhor resultado – como na partida de xadrez entre o campeão russo Garry Kasparov e o supercomputador da IBM Deep Blue – entretanto, a máquina apenas foi “alimentada” com informações fornecidas pelos próprios humanos. O único motivo pelo qual um computador pode derrotar uma pessoa é o quesito emocional. Quando não conseguimos controlar nossos sentimentos, podemos ter resultados inferiores. Todavia, de modo geral, o propósito de existir da inteligência artificial é ajudar as pessoas a obterem a melhor solução possível em diversas situações.

Como a inteligência artificial pode ajudar as empresas?

Por meio de um software de inteligência artificial, o dono de uma academia, por exemplo, pode ver quais aulas de dança são mais procuradas pelos alunos e quais deveriam ser descontinuadas. Com o mesmo software, o dono de um mercado pode verificar quais itens são os campeões de venda em determinada época do ano e quais produtos são adquiridos em conjunto.

Tudo isso ajuda nas decisões estratégias para melhorar as vendas. Os insights obtidos podem ajudar a criar promoções, controlar melhor o estoque e até avaliar a necessidade de novas contratações. Esses softwares vão “aprendendo” mais sobre o negócio e sua realidade conforme vão sendo utilizados. Quanto mais forem acionados, melhores serão suas “previsões do futuro”.

Nesse post, inclusive, falamos como a Inteligência Artificial pode ajudar até na auditoria interna das empresas.

Qual o impacto nas vendas?

Segundo Salesforce, 83% das empresas sentiram uma melhora da retenção dos clientes e 74% afirmaram que a velocidade das vendas aumentou após o uso dessa tecnologia.

 

Quem já está utilizado Inteligência artificial?

O Bradesco é uma das empresas pioneiras na utilização de inteligência artificial. Em meados de 2015 a organização assinou um contrato com a IBM para começar a utilizar o software Watson no Brasil. Essa ferramenta fala e entende o que as pessoas falam e o Bradesco vislumbrou a possibilidade de utilizá-lo no atendimento ao cliente, treinamento de funcionário e gestão de fortunas. A vantagem, além do entendimento da linguagem natural, é a capacidade de analisar um grande volume de dados que ainda não estão estruturados.

Se você precisa de ajuda para conectar todas as suas informações e gostaria que sua tomada de decisão fosse baseada nos pontos críticos e na solução de problemas, está no momento de começar a utilizar um software para te auxiliar.

A Paralelo CS, uma consultoria empresarial especializada em inteligência de mercado, business intelligence e CRM, pode ajudar a selecionar o projeto mais alinhado ao seu negócio. Entre em contato conosco pelo telefone  (11) 3090-5557.