Os dois termos focam em duas áreas fundamentais para empresas que possuem uma cultura de dados: o armazenamento de informações operacionais e a capacidade analítica de todos os dados relativos à organização

 

O Business Intelligence (BI) surgiu para gerir insights de um imenso volume de dados relativos aos negócios. Dentro deste contexto, são utilizados muitos termos que são essenciais para elaboração de estratégias eficientes. Conheça neste artigo da Paralelo CS dois conceitos bem comuns quando o assunto é BI: OLTP e OLAP. Saiba o que eles significam e quais as funções que desempenham para o negócio.

 

O que é OLTP?

A sigla OLTP vem do termo em inglês "On-line Transaction Processing". Este conceito está ligado aos sistemas transacionais da empresa, às suas operações propriamente ditas. Os sistemas OLTP registram todas as transações relativas a uma determinada operação organizacional e as interações de negócios da empresa. Assim, eles dão suporte para a execução do negócio. Um dos maiores benefícios da utilização de sistemas OLTP é a dinamização das bases de dados de uma empresa.

Os dados transacionais são um tipo de informação que se refere às atividades de uma organização. Alguns exemplos são: pagamentos recebidos e realizados, pedidos feitos ou serviços entregues, etc.

 

E o que significa OLAP?

O termo OLAP também é proveniente de uma expressão em inglês: On-line Analytical Processing. Este conceito proporciona a capacidade de análise de grandes volumes de dados. Banco de dados OLAP permite que o usuário analise determinada informação sob diversos ângulos. Vale destacar que o OLAP não é uma forma de armazenamento de informações, mas sim o objetivo. Banco de dados OLAP são feitos com o objetivo de suportar análise de dados. Exemplos muito comuns de bancos OLAP são os Data Warehouse e Data Mart, por exemplo.

 

Como é a aplicação dos sistemas OLTP e OLAP na prática para as empresas?

Como os dois conceitos apresentam definições diferentes e se referem a duas áreas importantes, podemos dizer que eles são complementares. Lembre-se que ter uma cultura de dados é a chave do sucesso para qualquer empresa atualmente! Tendo isto em vista, os sistemas OLTP e OLAP são extremamente úteis.

O sistema OLTP foca no nível operacional da organização. Ele colhe informações operacionais, edita estes dados para manter o fluxo do sistema, armazena estas informações em sistemas convencionais de bancos de dados e auxilia na confecção de relatórios. Este sistema oferece dados detalhados e que são atualizados frequentemente.

O sistema OLTP serve para melhorar o processo de fidelização de clientes, organizar informações relativas aos fornecedores e colaboradores, controle de estoques, entre outros itens.

Já o OLAP auxilia empresas a organizarem seus bancos de dados comerciais e dão suporte para que elas façam uma análise profunda destas informações. A sua utilização faz com que as organizações possam acessar, visualizar e analisar estes dados para extrair ótimos insights. O sistema OLAP possui uma estrutura que permite que o usuário realize diversas pesquisas.

O foco do OLAP é o nível estratégico da empresa, pois ele fornece as informações necessárias para a tomada de decisões mais assertivas. Este é um sistema de alta performance que otimiza a leitura e geração de dados e análises gerenciais.