O OKR (Objectives and Key Results) é um framework para a definição de objetivos e metas criado, originalmente, pela Intel em meados de 1970. OKR começou a ficar popular após sua adoção pelo Google em 1999. Desde então empresas do mundo todo vem adotando esse framework em sua gestão.

Hoje em dia, a lista de empresas que adotam o OKR é enorme, para citar algumas: Google, Intel, Twitter, LinkedIn, Dropbox, GoPro, Spotify, Nubank e entre outras. A pergunta agora é, o que faz esse OKR que tantas empresas de sucesso estão aderindo?

A adoção do OKR auxilia as empresas a criar mais valor ao negócio, pois sua cultura é focada em resultados. Basicamente ele promove a resposta de duas perguntas:

1- O que queremos atingir?

2- Como vamos saber se estamos chegando lá?

John Doerr, investidor que apresentou o OKR ao Google, traduz a resposta dessas perguntas como sendo o Objetivo (primeira pergunta) e os Resultados Chave (segunda pergunta). Complementa que todo OKR deve seguir a seguinte estrutura:

Eu vou [Objetivo] medido por [Resultados Chave].

De acordo com John, toda boa meta tem que listar o que vai realizar e a maneira de medir que o objetivo foi alcançado.

Então o OKR possui dois componentes principais. O Objetivo e os Resultados Chaves

Objetivo

O OKR segue do princípio que os objetivos precisam ser inspiradores e motivacionais. Eles devem deixar claro quais são as aspirações da empresa, ou seja, devem ser de relevância aos negócios.

Então os objetivos possuem as seguintes características:

• Dizer o que queremos atingir
• Qualitativos
• Aspiracional e motivacional
• Temporais

Resultados Chave

Os Resultados Chave são métricas que comprovam se os Objetivos foram alcançados através da geração de valor ao negócio.

Então os resultados chaves possuem as seguintes características:

• Dizer como sabemos se estamos chegando no Objetivo
• Quantitativos
• SMART

Há dois tipos básicos de Resultados Chave: um baseado em milestone e outro baseado em valor, mas como a idéia do OKR é gerar valor, vou apenas apresentar exemplos sobre esse tipo.

Exemplos de OKR

Objetivo: Aumentar a experiência do cliente em nosso site.

Resultados Chave:
Aumentar duração média em nosso site de 2 minutos para 5 minutos
Diminuir taxa de rejeição de 60% para 40%.
Diminuir taxa de cliques até a informação desejada de 5 cliques para 3 cliques.

Conceitos-chave

Transparência: O OKR deve ser público e de acesso a todos.

Foco: O OKR é estruturado desde o nível estratégico até o nível individual e a metodologia faz com que todos estejam engajados em um mesmo objetivo.

Cultural: OKR simboliza uma mudança cultural na empresa e essa mudança precisa ser de todos e tem que refletir no dia-a-dia.

Melhores práticas utilizando OKR

Como boa prática ao OKR é preciso ter atenção para alguns pontos:

• É aconselhado que cada indivíduo tenha de 3 a 5 Objetivo e cada objetivo com 3 a 5 Resultados Chave.
• O Ciclo do OKR deve ser trimestral
• Os Objetivos do OKR precisam ser 40% estratégicos, ou seja, Top-Down e 60% do indivíduo, ou seja, Button-up.

Acompanhando os resultados

Com o OKR definido é preciso criar um plano de ação para cada Resultado Chave e avaliar constantemente se as iniciativas estão surtindo os resultados esperados.