É inegável a crescente e exponencial evolução dos dados nos dias atuais. Estima-se que em 2020 teremos um volume de dados que beira os 44 Zettabytes no qual corresponde à 440²¹. O grande desafio é transformar esse gigantesco volume de dados em informações e conhecimento para a tomada de decisão.

O ser humano é incapaz de processar uma grande quantidade de informações simultaneamente e por isso ele criou a visualização de dados com o objetivo de resolver essa deficiência.

A visualização de dados ou do inglês Data Visualization ou até mesmo abreviado para DataViz, é a representação de dados em formato gráfico. Seu maior objetivo é promover uma comunicação mais clara e eficiente dos resultados obtidos no processo de análise dos dados.

Visualização de dados não é novidade

Executivos e gestores tomam decisões de negócios a todo momento. E há anos utilizam a visualização de dados para dar suporte a essa decisão. Mas o que vêm mudando no mundo que tornou a visualização de dados tão importante e complexa?

Como já sabemos, a quantidade do volume dados cresce exponencialmente ao longo dos anos, e não só em volume, mas também em variedade de fontes e formatos. Nos dias atuais, podemos extrair dados de sistemas, redes sociais, sensores, documentos, gps, voz e uma infinidade de outros meios.

Quanto mais dados, fontes e formatos, maior a complexidade

Como cada fonte trabalha os dados de forma diferente, antes de transformá-lo em visualização de dados e gráficos, é preciso ter um processo de análise de dados, ou seja, limpeza e organização dos mesmos para encontrar padrões e sinergia entre eles.

Claro que a grande quantidade de dados e grande variedade de fontes e formatos faz com que essa atividade seja extremamente complexa. E o sucesso nessa tarefa fará toda a diferença na geração da visualização de dados e gráficos.

Fazendo a diferença na visualização de dados

O grande diferencial é, através da visualização de dados, conseguir capturar grandes e complexos conjuntos de dados e transmitir os resultados da análise a pessoas que não possuem um conhecimento técnico em análise de dados, no caso, os executivos e gestores.

A visualização de dados está se tornando em uma ciência devido a sua grande complexidade e é por isso que hoje em dia temos os Cientista de Dados ou do inglês, Data Science, que são pessoas responsáveis por traduzir grandes conjuntos de dados em gráficos e informações relevantes ao negócio.

Além do processo de análise de dados, ou seja, limpeza e organização, o Cientista de Dados utiliza também um outro conceito para a geração da visualização de dados. A Gramática dos Gráficos, mas esse é assunto para o próximo artigo.