A Internet das Coisas, da sigla IoT (Internet of things), vem mudando a nossa forma de interação com os objetos e lugares. Antes, nunca ninguém havia imaginado que nos dias atuais a sua geladeira iria “conversar” com você e te avisar dos itens faltantes.

 

Iterações como essas estão cada vez mais próximas de ser o novo padrão. E cada vez dispositivos IoT terão dados valiosos que poderão ser transformados em informações na tomada de decisão e serão os grandes geradores de oportunidades como veremos neste artigo.

 

Entenda seu cliente

Um dos maiores segredos de uma venda bem sucedida é conhecer bem o seu cliente. Na verdade esse não é nenhum segredo, talvez essa dica é uma das mais difundidas e mais importantes quando o assunto é vendas.

 

Conhecer bem o seu cliente não é uma tarefa fácil. Envolve muito esforço, muito estudo e muita coleta de dados sobre seu cliente. Conhecer seus objetivos, suas preferências e, agora com o adjunto da Internet das Coisas, IoT, novas informações sobre o comportamento do cliente serão conhecidas e você terá novos insights.

 

Gerando oportunidades em lojas com Internet das Coisas

Em caso de uma loja física, o uso de IoT é uma grande sacada para o lojista. Dispositivos de internet das coisas, como equipamentos de Wifi que conseguem identificar a localização do cliente e/ou a utilização de beacons com esse objetivo, irão capturar dados de quais regiões da loja o cliente esteve.

 

Com auxílio de um banco de dados NoSQL, é possível gravar todos esses dados em um banco de dados único e posteriormente fazer consultas dessas informações.

 

Como eu disse antes, conhecer muito bem o cliente é um grande diferencial e envolve muita coleta de dados. Com Internet das Coisas você amplia sua visão sobre o cliente e esses dados podem ser utilizados para uma tomada de decisão.

 

Customize seu valor ao cliente

Vimos pela imagem acima que com o uso de Internet das Coisas podemos capturar todos as regiões da loja em que o cliente passou. E não só as regiões, mas também o tempo em cada setor e a quantidade de vezes que ele esteve lá.

 

Agora imagine combinar esses dados com o seu CRM. Cruzar os dados históricos de compras e iterações passadas, com os dados de localização dele na loja. Basicamente você estará fornecendo ao vendedor informações extremamente relevantes, onde ele pode abordar o cliente com uma oferta extremamente customizada.

 

Aplicando Internet das Coisas e visualização de dados

Só com o uso de dispositivos IoT e um banco de dados NoSQL não será possível gerar tal informação e visualização. E é por isso que precisamos agregar mais softwares a essa solução.

 

A primeira delas é uma solução de Business Intelligence, o Qlik Sense. O Qlik Sense será responsável pela visualização dos dados e o cruzamento com dados do CRM e dados vindo de IoT. Porém ele sozinho não consegue fornecer e processar dados de geolocalização tão precisos.

 

Para esse objetivo, agregamos ao Qlik Sense uma outra solução da Qlik, o Qlik GeoAnalytics.

 

Qlik GeoAnalytics é uma solução dedicada à análise e processamento de dados de geo. Há uma série de funcionalidades que ele é capaz de fazer, mas para esse exemplo, estamos utilizando apenas a capacidade dele de plotar dados em uma planta baixa e desenhar seus relacionamentos.

 

Com a união de Internet das Coisas para capturar os dados. Banco de dados NoSQL para gravar e armazenar esses dados. Qlik Sense para extrair dados tanto do CRM quanto do NoSQL e cruzá-los. E por fim, o Qlik GeoAnalytics para processar os dados de geolocalização e apresentá-los no Qlik Sense. Teremos uma solução imbatível que fornecerá insights sobre o cliente.